Segundos e quintos anos do Ensino Fundamental participarão de projeto educativo

Smed aderiu ao Programa Educar Pra Valer, que foca na melhora da aprendizagem

Neste início de 2019, a Secretaria Municipal da Educação (Smed) decidiu apostar em novos projetos para estimular crianças e adolescentes no processo de aprendizagem. Na última quarta-feira (30/01), a titular da pasta, Marina Matiello, e a gerente administrativa da Smed, Silvana Bioto, participaram do I Seminário Regional Educar Pra Valer, em Porto Alegre. O evento teve o objetivo de apresentar o programa de mesmo nome, que será executado nas escolas municipais, seus compromissos e os planos de resultado.

Promovido pela Associação Bem Comum, o projeto é focado em atender os segundos e quintos anos do Ensino Fundamental. O tempo de duração é de quatro anos, com a função de melhorar o rendimento e o desempenho dos alunos. Os resultados esperados são a consolidação da alfabetização até os sete anos de idade, a redução na reprovação e repetência, a eliminação do abandono escolar e a superação de metas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

O programa engloba várias ações. A primeira é a realização de um diagnóstico inicial da rede, seguida da construção de um plano de ação focado nas melhorias necessárias no ensino e aprendizagem. Além disso, o programa oferece formações e apoio técnico para estruturação e qualificação dos gestores e professores, bem como o acompanhamento do processo nas escolas.

Durante o mês de dezembro, a Smed participou de uma seleção para aderir ao programa, a partir de critérios da própria associação. Além de Caxias do Sul, as cidades de Cachoeira do Sul, Pelotas, Novo Hamburgo e Canoas também foram selecionadas. O programa organizará encontros entre os idealizadores do projeto e os secretários das redes participantes. Mensalmente, a equipe se reunirá com a Secretaria de Educação de cada cidade. Bimestralmente, haverá reuniões entre todos os municípios participantes de cada estado. Semestralmente, serão feitos encontros juntando todos os municípios participantes do Brasil.

“Temos uma expectativa muito positiva em relação ao programa Educar pra Valer, pois foca no que é essencial: a aprendizagem dos nossos estudantes. Estamos abertos à qualificação da nossa rede, iniciando pela gestão da própria secretaria e se estendendo à direção das escolas e aos docentes de segundo e quinto ano”, afirma Marina Matiello. Nos dias 6 e 7 de fevereiro, a secretária e a gerente administrativa da Smed irão a Sobral, no Ceará, local sede do projeto, para oficializar a adesão.

Assessoria de Imprensa – Smed