Smed chama cerca de 800 crianças de zero a três anos para vagas em 2019

Designação é feita conforme o grau de vulnerabilidade social dos inscritos

A Secretaria Municipal da Educação (Smed) já providenciou o encaminhamento de cerca de 795 crianças de zero a três anos, das 3.102 inscritas, para a matrícula na instituição escolhida pelos pais ou responsáveis. Em novembro, a Smed iniciou o processo diário de designação das vagas. O intuito é de que as crianças iniciem o ano letivo de 2019 no dia 05 de fevereiro nas escolas de Educação Infantil da gestão compartilhada.

A titular da pasta, Marina Matiello, reforça que o atendimento desse nível de ensino e a diminuição no déficit de vagas é uma prioridade de governo. “Antecipamos a designação para que até o início do próximo ano letivo tenhamos o maior número de crianças já frequentando nossas escolas. Isso facilita a organização das famílias”, declara.

O chamamento é feito através de contato telefônico com o número deixado pelo responsável no questionário feito no momento da inscrição. A ordem dos encaminhamentos é de acordo com o grau de vulnerabilidade social. Quando é realizado o contato, a família se dirige até a Smed e posteriormente até a escola por meio de agendamento de horário.

Na escola, para efetuar a matrícula, é necessária a entrega de uma cópia de cada um dos seguintes documentos: carteira de vacinação, carteira do SUS, comprovante de residência, certidão de nascimento da criança, RG e CPF da criança (se houver) e dos responsáveis, comprovante de renda dos responsáveis, cartão do Bolsa Família (se beneficiada) e receita do antitérmico receitado pelo pediatra da criança.

Agora, a pasta deve priorizar as matrículas das cerca de cinco mil crianças de quatro a seis anos inscritas para vagas nas escolas do município. De acordo com a diretora financeira da Smed, Danúbia Sartor, a prioridade ocorre em virtude da obrigatoriedade para crianças a partir dos quatro anos. “A primeira etapa de inscrições para essa faixa etária se encerrou no fim de novembro. No período de 2 a 18 de janeiro, daremos início ao processo das matrículas. Depois desse processo, então, daremos seguimento às matrículas das crianças de zero a três que ainda não foram chamadas”, explica.

Assessoria de Imprensa – Smed