Smed garante continuidade da Escola Municipal Assis Brasil em Vila Cristina

Titular da pasta participou de audiência pública na localidade na manhã deste sábado

A educação foi tema de audiência pública que ocorreu na manhã deste sábado (24/11) no distrito de Vila Cristina. A escuta da comunidade ocorreu com a participação da secretária municipal da Educação (Smed), Marina Matiello, que foi acompanhada pela diretora administrativa, Raquel Baldasso, pela diretora pedagógica, Flavia Basso Morés, pela arquiteta Carina Ravizzon e pela assessora pedagógica Ana Cristina Fabro. Presidida pela promotora de justiça regional de educação de Caxias do Sul, Simone Martini, a audiência teve como principais objetivos assegurar à comunidade a continuidade do atendimento à pré-escola e ao Ensino Fundamental da Escola Municipal Assis Brasil no próximo ano letivo e ouvir demandas e sugestões referentes à necessidade de Educação Infantil na localidade.

Em setembro deste ano, a comunidade de Vila Cristina, através de votação, se manifestou contra a proposta da Smed de reformar o prédio da Assis Brasil para atendimento prioritário da Educação Infantil. A sugestão foi feita a partir da demanda da comunidade por mais vagas para a faixa etária de zero a cinco anos e devido à inadequação dos terrenos públicos do distrito para comportar uma escola de Educação infantil, segundo as normas do Conselho Municipal da Educação (CME). Os 21 estudantes atendidos pela instituição municipal migrariam para a Escola Estadual de Ensino Fundamental Renato Del Mese, que fica em um terreno de Vila Cristina cedido ao Estado pelo Município. A reforma geraria cerca de 60 novas vagas. O orçamento previsto, já aprovado pela prefeitura, seria de aproximadamente R$ 500 mil.

A titular da pasta, também em nome do prefeito Daniel Guerra, se colocou à disposição da comunidade e afirmou que a Smed está imparcial diante da situação. “Neste processo, que vem desde 2014, estamos buscando a resolutividade através do diálogo e da busca de informações coerentes com a realidade. Ao mesmo tempo em que queremos a continuidade da Assis Brasil, também gostaríamos de proporcionar uma escola de Educação infantil, então nada mais justo do que a própria comunidade nos apresentar sugestões”, declara.

Para Jairo dos Passos, morador da localidade, foi muito importante reunir as pessoas que pedem por vagas na Educação infantil em Vila Cristina. “Temos que lutar juntos e acredito que fechar uma escola para abrir outra não é o caminho. Ouvimos algumas propostas aqui hoje, inclusive uma doação de terreno para a construção de creche. Então a solução pode demorar um pouco, mas vai chegar”, expõe.

Além da comitiva da Smed, estiveram presentes na audiência a titular da 4ª Coordenadoria Regional de Educação (4ª CRE), a presidente do Conselho Municipal de Educação (CME) de Caxias do Sul e o defensor público de Caxias do Sul, Diego Rodrigues Quadros. A partir da escuta, os órgãos deverão avaliar as sugestões em conjunto para posterior tomada de decisão.

Assessoria de Imprensa – Smed

Fotos: Renata Zanatta