EMEFs Santo Antônio e Prefeito Luciano Corsetti recebem selo inédito de Escola Digital Segura

Servidor da Smed apresentou, em São Paulo, trabalho de segurança digital desenvolvido

O técnico de informática da Secretaria Municipal da Educação (Smed), Alexandre José Corso, representou Caxias do Sul no evento anual do Instituto iStart Ética Digital, que ocorreu na última terça-feira (30/10) em São Paulo. Corso, que desenvolve um trabalho de segurança digital com os estudantes da rede municipal, foi convidado para relatar aos participantes como foi o processo de certificação das escolas municipais Prefeito Luciano Corsetti e Santo Antônio com o selo Escola Digital Segura, primeiras escolas públicas do Brasil a receberem este reconhecimento. A certificação, conferida pelo instituto iStart, ocorreu em agosto.

Durante o evento, foi apresentado o tema Cidadania Digital: Respeito e Proteção dos Dados Pessoais, como forma de estimular o urgente debate acerca da formação de indivíduos mais bem preparados para lidar com os profundos desafios da sociedade digital. “O empenho dessas escolas e da Smed para a conquista da certificação e para a construção de um ambiente digital mais ético, seguro e legal, é um exemplo não só para as outras escolas de Caxias do Sul e região, mas nacionalmente”, destaca.

Apesar do trabalho contínuo, Corso afirma que ainda existem desafios a serem superados na área. “O uso seguro das tecnologias é um processo constante, que não se encerra com a certificação, pois a cada ano novos estudantes e profissionais ingressam nas nossas escolas. É preciso manter sempre ativas essas formações e informações sobre o uso seguro das tecnologias, bem como acompanhar as mudanças tecnológicas para ofertar uma escola pública de qualidade e com segurança digital”, declara.

Durante o encontro, que ocorreu na sede da Faculdade de Informática e Administração de São Paulo (FIAP), foi apresentada a nova diretoria e conselho consultivo do iStart, do qual o técnico de informática foi convidado a ser o conselheiro do setor Escolas Públicas. “É ótimo ver nosso trabalho reconhecido. Isso nos dá incentivo para continuar persistindo em uma sociedade segura nos meios digitais, servindo como modelo nacional a ser seguido”, conclui.

O evento contou com a participação de professores, coordenadores pedagógicos, gestores de Tecnologia da Informação (TI) e de Tecnologia Educacional (TE) das instituições de ensino do país.

Assessoria de Imprensa – Smed

Fotos: Divulgação iStart