Smed promove Oficina de Musicalização para professores da rede

Iniciativa propõe a compreensão da linguagem musical para trabalhos em sala de aula

Cerca de 20 professores da rede municipal de ensino participaram de uma Oficina de Musicalização, na última quinta-feira (18/10). O encontro, promovido pela Secretaria Municipal da Educação (Smed), foi conduzido pelo professor de arte e música Diego Conto Lunelli. A atividade teve como objetivo planejar e inserir propostas de educação musical em sala de aula.

Para isso, os professores tiveram contato com a música e o entendimento da linguagem por meio de vivências. Também foi trabalhado o desenvolvimento de habilidades de percepção, apreciação e criação musical a partir de questões étnico-raciais para atividades de percussão, estudo de toques e cantos de origens de diferentes contextos socioculturais. “Procuro sensibilizar os professores para essa consciência musical, também ensinando como reger uma turma. Assim é possível mostrar novas possibilidades para os alunos, para que possam se familiarizar com instrumentos e estilos diferentes daqueles que já conhecem”, enfatiza o ministrante da oficina.

Adriano Zanandrea, assessor pedagógico da Smed referência em linguagens artísticas, destaca a importância desse tipo de capacitação para a expansão gradual da música em toda a rede. “Essa iniciativa deverá instrumentalizar os professores para o desenvolvimento de propostas de musicalização com seus estudantes, proporcionando ferramentas pedagógicas e a construção de conhecimentos musicais”, afirma.

Novas ferramentas que a professora Patrícia Zorzi, da Escola Municipal Luiza Morelli, pretende levar aos seus alunos. “Às vezes nem nós conhecemos os instrumentos. A oficina vai permitir trabalharmos os ritmos, os passos e outras técnicas em sala de aula. É importante que os estudantes conheçam essa diversidade”, destaca.

Assessoria de Imprensa – Smed

Fotos: Divulgação Smed