Comunidade de Vila Cristina decide rumos da Escola Assis Brasil

Instituição de meio rural deve manter funcionamento multisseriado

A secretária Municipal da Educação, Marina Matiello, se reuniu com a comunidade escolar de Vila Cristina na última terça-feira (18/09). O motivo do encontro, que ocorreu na Escola Municipal de Ensino Fundamental Assis Brasil, foi a votação referente à continuidade do atendimento à Pré-Escola e Ensino Fundamental ou a reforma do prédio para atendimento prioritário da Educação Infantil. Com 10 votos a favor e 30 contra, a escola de meio rural deve manter o funcionamento multisseriado, ou seja, de duas a três séries em cada turma.

A reunião foi mobilizada pela Smed a partir de uma demanda da comunidade por mais vagas na Educação Infantil devido a mudanças na rotina das famílias. Os profissionais do setor técnico da secretaria realizaram um estudo topográfico para viabilizar a construção de uma escolinha na localidade, porém os terrenos públicos se mostraram inadequados para comportar uma escola de Educação Infantil, segundo as normas do Conselho Municipal da Educação (CME). Diante disso, a adequação da Escola Assis Brasil foi proposta no dia 03 de agosto, durante reunião sobre o assunto na Promotoria de Justiça de Caxias do Sul. A reforma geraria cerca de 60 novas vagas. O orçamento previsto, já aprovado pela prefeitura, seria de aproximadamente R$ 500 mil.

Foi sugerido, ainda, que os 21 estudantes atendidos pela instituição municipal migrassem para a Escola Estadual de Ensino Fundamental Renato Del Mese, que fica em um terreno de Vila Cristina cedido ao Estado pelo Município. “Levando em consideração a necessidade de Educação Infantil e o atual atendimento, optamos por uma escuta qualificada para que os próprios moradores de Vila Cristina tomassem a decisão em relação às suas prioridades. Achamos justo que eles decidissem”, pontuou Marina Matiello.

Além da titular da Smed, estavam presentes a assessora pedagógica da Smed, Ana Cristina Fabro, e a gerente administrativa, Cátia Della Giustina, além da coordenadora da escola, Maria Madalena Debastiane, a coordenadora da 4a Coordenadoria Regional de Educação (4a CRE), Janice Moraes, a promotora do Município, Zélia Renata Hermann, a presidente do CME, Márcia Regina de Carvalho, e a presidente da Associação de Moradores do Bairro de Vila Cristina, Claudete Maria Bortoluz.

Assessoria de Imprensa – Smed