Nova escolinha no bairro Desvio Rizzo abrirá 90 novas vagas na Educação Infantil

Prefeitura solicitou desocupação de espaço que comporta Clube de Mães para instalar as crianças

Uma das principais diretrizes do atual governo é a educação, considerando os desafios com relação à necessidade de vagas,especialmente na Educação Infantil. Pensando nisso, a Secretaria Municipal da Educação (Smed) solicitou a desocupação do segundo andar de um prédio no bairro Desvio Rizzo, a fim de reformá-lo e ampliá-lo para instalar uma escola para as crianças, criando mais 90 novas vagas. Atualmente, o bairro sofre com a falta de espaços para 550 crianças nesse tipo de atendimento.

A área atualmente abriga o Clube de Mães do bairro. O terreno é de propriedade da prefeitura. No primeiro andar, já funciona uma escola de Educação Infantil. Na última semana, a secretária da Educação, Marina Matiello, convidou a presidente da Associação Mãe Santa Rita de Cássia, Devina Pezzi Luciano, para uma reunião sobre o assunto. O encontro ocorreu para explicar a ideia e para colocar o governo à disposição da associação a fim de encontrar outro espaço para suas atividades. Ficou acertado que o grupo buscaria opções e que o Município se comprometeria em auxiliar na negociação pela nova sede.

A Smed tomou a decisão em conjunto com outras secretarias municipais, diante da grande carência de vagas e de outras duas situações: a impossibilidade de compra de novas vagas em escolas particulares no bairro e a inviabilidade de utilização de um terreno público para construção da escola, uma vez que as áreas disponíveis ficam muito afastadas da concentração populacional. Todas as possibilidades de compra de vagas na região se esgotaram. O local do prédio solicitado é adequado pela demanda de vagas na região onde se encontra e pela proximidade das famílias interessadas.

A secretária da Educação reforça a necessidade de se elencar prioridades para a população. “É preciso destinar vagas para as crianças que aguardam em lista espera, cumprindo, assim, não apenas com o bom desenvolvimento sócio educacional dessa faixa etária, mas atendendo, também, as necessidades das famílias que precisam organizar suas rotinas. Essa é uma realidade de muitos pais que procuram a Smed justificando a urgência de matricular os filhos nas nossas escolas de EducaçãoInfantil”, explica.

A Associação Mãe Santa Rita de Cássia foi notificada extrajudicialmente pela prefeitura, na semana passada (05/09), para deixar o espaço no prazo de um mês. A sede da entidade está localizada ao lado da subprefeitura. De acordo com a titular da pasta, a administração se compromete em ajudar na busca por um novo espaço para o clube. “Desde que a decisão foi tomada, estamos pensando em possibilidades e dispostos a auxiliar na procura por um novo local onde a associação possa cumprir adequadamente com as suas atividades”, conclui.

O projeto de reforma e ampliação será finalizado após o recebimento do prédio desocupado, uma vez que há a necessidade de análises técnicas locais. Já há recurso garantido de cerca de R$ 500 mil, próprios da prefeitura, para a criação da nova escola.

Assessoria de Imprensa – Smed