Escolas municipais participam de projeto alusivo à Semana Farroupilha

Cavalo Crioulo nas Escolas prevê palestras e contato dos estudantes com o animal

Os estudantes do 5o ano de algumas das Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFs) têm a oportunidade de participar do Cavalo Crioulo nas Escolas, projeto desenvolvido pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos dos Vinhedos alusivo à Semana Farroupilha. A iniciativa, que ocorre pelo quarto ano consecutivo, tem como principal objetivo presentar a Raça Crioula às crianças do Ensino Fundamental das redes municipal e estadual da região.

A edição 2018 do “Cavalo Crioulo nas Escolas” teve início na última segunda-feira (10/09), quando contemplou a EMEF Dolaimes Stédile Angeli. No dia seguinte (11/09), a ação foi levada para os estudantes da Presidente Tancredo de Almeida Neves. O projeto oferece uma palestra para os estudantes sobre o cavalo crioulo, abordando sua história, origem, características e como se tornou um dos símbolos e patrimônio cultural do Rio Grande do Sul. Na sequência, no pátio da instituição, os estudantes têm contato com o cavalo, aprendem sobre os utensílios e como encilhar o animal.

Sebastião Teixeira Corrêa, representante do Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos dos Vinhedos, explica que o cavalo crioulo é apresentado para as turmas de 5o ano porque é nesta série em que se estuda o Rio Grande do Sul. “A nossa experiência tem sido muito interessante. As avaliações têm sido sempre muito positivas, porque é uma atividade diferente, uma oportunidade que muitas vezes as crianças não têm, e hoje está mais do que comprovada a importância do relacionamento com os animais.” Ainda de acordo com ele, estima-se que existam cerca de seis mil cavalos atualmente no Município. “É um animal muito dócil, rústico, que se formou na América do Sul. Essa atividade traz a ele um reconhecimento muito grande, além de ser uma forma de valorizar o civismo e a questão histórico-cultural do Rio Grande do Sul”, conclui.

A participação das escolas é definida através de sorteio, realizado pelo setor de projetos da Smed a partir de prévia inscrição das interessadas, sem custo para as instituições de ensino. As palestras, ministradas por Sebastião Teixeira Corrêa, ocorrem nos turnos da manhã e da tarde em cada uma das escolas. A ação terá sequência nos dias 18 e 19 de setembro nas EMEFs Guerino Zugno e Engenheiro Mansueto Serafine.

Assessoria de Imprensa – Smed

Fotos: Lorisane da Silva Hoffmann