Reunião marca início da III Conferência Municipal de Educação

A reunião de lançamento do processo de mobilização para a III Conferência Municipal de Educação de Caxias do Sul ocorreu nesta quinta-feira, dia 22 de fevereiro. O tema principal do encontro foi o Monitoramento e a Avaliação dos Planos de Educação – Nacional e Municipal. Para a ocasião foram convidados os representantes de estabelecimentos de ensino públicos e privados, da Educação Básica e Superior, além de entidades envolvidas direta ou indiretamente com a educação do Município, que, por sua vez, terão a tarefa de auxiliar o Fórum Municipal da Educação na mobilização da comunidade caxiense para as discussões. A reunião ocorreu no auditório do Sindiserv, às 9 horas.

A III Conferência Municipal da Educação foi convocada pelo FME, e apresentará um conjunto de contribuições que subsidiará a avaliação do Plano Municipal da Educação e o Plano Nacional de Educação, indicando responsabilidades, corresponsabilidades, atribuições concorrentes, complementares e colaborativas entre os entes federados e os sistemas de ensino.

As informações e os documentos necessários para participar da III Conferência Municipal da Educação estão disponíveis no Portal da Educação, assim como informações sobre o Plano Municipal da Educação e o Fórum Municipal de Educação de Caxias do Sul.

Foto: Alessandra Lazzari

Smed realiza levantamento de matrículas para redistribuir vagas que sobraram na Educação Infantil

Encerrado o prazo de matrículas na Educação Infantil, a Secretaria Municipal da Educação (Smed) inicia agora um levantamento do número de vagas que sobraram nas escolas da gestão compartilhada e também nas credenciadas. Com as informações, novas famílias que estão na lista de espera para crianças de zero a cinco anos de idade devem ser convocadas.

A secretaria pede para que os pais ou responsáveis fiquem atentos às chamadas telefônicas, que podem ser da Smed ou das escolas de gestão compartilhada. É por meio desse contato que as famílias são informadas da designação da vaga. Não atender ao telefone implica no atraso do processo de matrículas.

“Até o momento, já realizamos cerca de 700 designações. Mas, algumas vezes, as pessoas que estão na lista de espera mudam de cidade ou conseguem colocação em outra rede. Por isso, é importante que as famílias nos atendam e informem as mudanças para que possamos dar andamento à lista de espera e chamar novas crianças”, enfatiza a secretária da Educação, Marina Matiello.

Ainda conforme a secretária, a Smed continuará fazendo um esforço para contemplar o maior número possível de crianças até o dia 30 de abril, sempre respeitando a qualidade do ensino. No período de 02 a 30 de maio, haverá recadastramento das crianças de zero a três anos para as inscrições realizadas até o dia 31 de dezembro do ano passado. O objetivo é atualizar os dados para ter a real demanda e agilizar o contato com as famílias em caso de convocação.

Novas inscrições seguem ocorrendo
As crianças de zero a cinco anos continuarão sendo atendidas na Central de Matrículas para inscrições e designações, as quais serão realizadas pela Smed conforme a disponibilidade de vagas nas Escolas de Educação Infantil da rede, obedecendo aos critérios de vulnerabilidade social, zoneamento e data de nascimento.

Assessoria de Imprensa – Smed

Ano letivo inicia com quadro de cuidadores completo na rede municipal de ensino

A retomada das atividades nas 82 escolas da rede municipal de ensino, na última segunda-feira (19/02), foi marcada pela tranquilidade em relação aos cuidadores. O quadro está completo, atendendo todas as necessidades das escolas municipais de Ensino Fundamental. São 275 cuidadores: 200 com turno de 22 horas e 75 com turno de 44 horas. Eles devem atender cerca de 400 estudantes.

A empresa que contratou os profissionais, vencedora da dispensa de licitação, será responsável pela prestação do serviço até, pelo menos, a metade do ano. Isso porque o processo licitatório para o novo contrato de cuidadores, lançado pela segunda vez no final de 2017, foi suspenso por determinação judicial. Segundo a diretora financeira da Secretaria Municipal da Educação (Smed), Danúbia Sartor, um novo processo licitatório já foi encaminhado para a contratação de 275 profissionais. Ele prevê também a garantia de atividades de capacitação. “Essa medida prevê a transição somente para o período que sucede as férias escolares de inverno, a fim de evitar a quebra de vínculo com os estudantes atendidos”, afirma Danúbia.

De acordo com a secretária da Educação, Marina Matiello, o serviço prestado pela Smed é referência para outras redes de ensino. “Atendemos com excelência os estudantes que necessitam de cuidadoria no que diz respeito aos aspectos de alimentação, locomoção e higiene. Somos referência para outros municípios e até mesmo para outras redes de ensino”, destaca.

Além disso, o Município oferece Atendimento Educacional Especializado com professores de AEE, que além de atender no contraturno, orientam professores no planejamento de atividades focadas nas necessidades individuais desses estudantes.

Capacitação de cuidadores
A Secretaria Municipal da Educação realizou, nos dias 15 e 16 de fevereiro, a capacitação dos cuidadores. Foram oito horas de formação sobre o funcionamento das escolas municipais, orientações a respeito das principais características das deficiências, dicas de auxílio aos PCDs e instrução sobre a importâncias das Atividades de Vida Diária (AVDs).

Assessoria de Imprensa – Smed