Secretaria da Educação promove primeira atividade de formação da Cipave

A Secretaria Municipal de Educação (Smed) realizou o primeiro encontro do programa de formação das Comissões Internas de Prevenção a Acidentes e Violência Escolar (Cipave) 2017 nesta quarta-feira (30/08). Mais de 50 representantes das escolas da Rede Municipal de Ensino (RME) participaram da formação.

O titular da Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente (DPCA), Joigler Paduano, apresentou formas de identificar as situações cotidianas do ambiente escolar que caracterizam ou não fatos passíveis de registro policial. O delegado também explicou a forma correta de realizar os registros de incidentes envolvendo violência escolar. “A sólida parceria entre DPCA, Cipave e escolas fortalece as relações porque visa a prevenção e o enfrentamento da violência escolar”, disse Paduano.

“Este é um momento para formar multiplicadores que contribuirão no trabalho pedagógico das escolas, transmitindo as informações recebidas na formação e atuar de forma prudente para segurança de todos os que fazem parte do ambiente escolar”, analisa Ivana Rech, assessora pedagógica da Cipave. Todas as formações ocorrerão das 8h30 às 11h30min, no auditório I da Smed, para um membro da Cipave de cada escola municipal.

Programa de Formação da Cipave 2017

14 de setembro
O Perigo por Trás das Redes Sociais e da Internet
Ministrante: Técnico em Informática da Smed Alexandre Corso

27 de setembro
Workshop de Inteligência: informações para uma segurança colaborativa.
Ministrante: Coordenador da Secretaria de Segurança e Proteção Social César Torres

26 de outubro
Medicalização da Infância.
Ministrante: Médico Psiquiatra da SMS Jackson Peres

22 de novembro
Cidadania e Ética no Trânsito
Ministrante: Polícia Rodoviária Federal (PRF)

Assessoria de Imprensa – Smed

Prefeito Daniel Guerra participa de lançamento do projeto Geekie

O prefeito Daniel Guerra participou do lançamento do projeto Geekie nesta quarta-feira (30/08), no auditório do Sindicato dos Servidores Municipais de Caxias do Sul (Sindiserv). O acordo de cooperação entre o Município, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Smed), e a Rio Grande Energia (RGE), financiadora do projeto, tem o objetivo de implantar novas metodologias educacionais, diminuir a defasagem escolar e impactar positivamente no resultado das avaliações de educação, por meio da utilização de uma ferramenta adaptativa disponível na internet. 
 
A Geekie é uma empresa que oferece recursos digitais adaptados às necessidades de cada estudante, levando em consideração suas particularidades, com o intuito de potencializar a aprendizagem em ferramentas online. A plataforma digital oferecerá exercícios e aulas para os estudantes dos anos finais da Rede Municipal de Ensino (RME). A tecnologia serve de apoio ao trabalho desenvolvido em sala de aula.
 
“Essa parceria é fundamental para a qualificação dos nossos estudantes e do próprio ensino. Estamos honrados em fazer parte desse projeto”, enfatiza o prefeito Daniel Guerra. O Geekie tem duração de 20 meses (junho de 2017 a janeiro de 2019) e começou com planejamento, cadastro de estudantes, professores e gestores, formação continuada e utilização dos recursos disponíveis por todos os envolvidos nos processos de aprendizagem. 
 
A RME contará com duas versões da plataforma: a Geekie Teste e a Geekie Lab. A Geekie Teste avalia e oferece um diagnóstico das lacunas de aprendizagem dos estudantes para tomada de decisões e intervenções pedagógicas com base em dados. Já o Geekie Lab identifica os pontos fortes e as oportunidades de cada estudante e, em um ambiente online, disponibiliza milhares de exercícios e centenas de vídeo-aulas.
 
Os professores também poderão indicar aulas e enviar tarefas de casa. A primeira ferramenta estará disponível para estudantes do sexto ao oitavo ano e a segunda funcionará somente para os alunos do último ano do ensino fundamental. O Município possui 65 escolas com anos finais e, pelo menos, 41 aderiram ao projeto.
 
“A plataforma Geekie possibilita o acompanhamento do desempenho dos nossos estudantes, assim como o acesso a  conteúdos e metodologias de ensino que qualificam ainda mais a educação nas escolas municipais”, analisa a secretária de Educação, Marina Mattielo.
 
O lançamento do projeto também contou com a presença dos diretores das 85 escolas municipais, das coordenadoras das escolas de educação infantil, de representantes do Geekie e da equipe pedagógica da Smed. O Geekie já havia sido apresentado para Grêmios Estudantis, Conselhos Escolares, pais e estudantes do Ensino Fundamental dos oitavos e nonos anos da Rede Municipal de Ensino no início de agosto. 
 
Assessoria de Imprensa – Smed
 
Foto: Petter Campagna

Escolas municipais participam do programa Rede de Olhares na UCSTV

A UCSTV promoveu um debate no programa Rede de Olhares sobre o tema “A escola que dá certo: bons exemplos da rede pública”, na quarta-feira (30/08). Escolas da Rede Municipal de Ensino (RME) participaram do programa, inclusive os estudantes e a professora que foram premiados na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Alunos do projeto Desafio do Cubo Mágico, da Escola Municipal Carlin Fabris, também integraram a discussão.

Confira aqui o programa na íntegra.

Leia também
Estudantes e professora da rede municipal serão premiados na Olimpíada Brasileira da Matemática
Estudantes da rede municipal são premiados na Olimpíada Brasileira da Matemática